Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Publicidade
Armando Lourenzo Doutor e mestre em administração pela FEA/USP e diretor da Universidade Corporativa da consultoria EY
Como líder, você deve tomar muito cuidado para não cair na tentação do poder.
Com as novas gerações dentro das organizações e ambientes mais diversos, pessoas centralizadoras ao extremo devem perder espaço.
Temos equipes menores e não necessariamente menos trabalho. Por isso, a definição das atividades de cada pessoa deve ser feita de maneira muito criteriosa.
Além de trazer dados claros sobre as entregas que foram feitas, é preciso alinhar com os líderes exatamente o que eles esperam de você.
Boa parte dos projetos sofre atrasos. A causa principal é a má administração de tempo por parte dos líderes.
Muitos líderes com dificuldades em delegar criam equipes compostas apenas por profissionais semelhantes a si próprios. Entenda por que isso é um problema.
Armando Lourenzo, diretor da EY University, reflete sobre os motivos que impedem a equidade de gênero nas organizações
Buscar equilíbrio entre as características pessoais e o desejo dos times é a chave para uma boa liderança
Momento pede mentalidade arrojada; mas há um problema: nem todas as empresas estão preparadas para acolher pessoas questionadoras
Olhar para frente ao dar um retorno profissional é essencial para reduzir danos em momentos críticos como a demissão
Mercado se questiona se o conhecimento aprendido pelos alunos do EAD pode ser aplicado de maneira efetiva na sociedade
Publicidade