Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Petrobras cai 2,19% e derruba Ibovespa em dia de feriado nos EUA

Risco de desabastecimento de óleo diesel no segundo semestre preocupa investidores. Bolsa brasileira começou a semana perdendo 0,81%.

Por Juliana Américo 30 Maio 2022, 17h49

 

A Petrobras virou uma pedra no sapato do Ibovespa. Desde a semana passada, quando Bolsonaro decidiu derrubar mais um presidente da companhia, a Petro já perdeu 8%. E isso anda limitando os ganhos do Ibovespa

Além da interferência do governo no comando da empresa, que não está satisfeito com a política de preços da Petro, o mercado também está preocupado com um possível desabastecimento de óleo diesel já para o próximo semestre. Na quinta passada, José Mauro Ferreira Coelho enviou uma carta para o Ministério de Minas e Energia (MME) avisando que a situação era crítica: os estoques americanos (os EUA é nosso principal exportador) estavam em seus níveis mais baixos desde 2008 e a Europa estava demandando mais diesel dos EUA, já que cortaram relações com a Rússia. 

Ele diz que os importadores teriam reduzido o ritmo de compras do produto desde novembro do ano passado, e colocaram a culpa no congelamento do imposto estadual, o ICMS. A Câmara dos Deputados mudou a regra de tributação em março deste ano, quatro meses depois. 

Compartilhe essa matéria via:

O MME diz que os estoques brasileiros de óleo diesel S10 (menos poluente e hoje metade do consumo do Brasil) são suficientes para suprir a demanda nacional por apenas 38 dias, caso a gente não consiga importar o combustível. Motores dos caminhões também rodam o S500, mais poluente. O ministério não comentou sobre os estoques desse tipo de combustível.

O desabastecimento pode afetar o país justamente em seu período de maior demanda. O pico de consumo costuma ser entre agosto e outubro, e envolve o período de aumento das safras agrícolas – em agosto estão finalizando a colheita de milho e algodão, e o plantio de trigo já foi finalizado; em setembro e outubro, tem o plantio de soja. 

As ações da Petrobras foram atingidas em cheio: -2,19%. E acabou sobrando para o Ibovespa, que caiu 0,81%, aos 111.032 pontos. 

A novela da troca da liderança também ganhou um novo capítulo. O MME ficou de entregar até quarta-feira a lista de oito indicados para ocupar o novo conselho de administração da estatal. Quem está preparando a lista é o próprio Caio Paes de Andrade, o futuro presidente da Petro.

Mercado internacional

Hoje, a bolsa brasileira passou o dia sem a referência de Wall Street. É feriado do Memorial Day, que celebra os soldados americanos mortos em combate, e as bolsas americanas não abriram. 

Na falta dos EUA, a atenção do mercado internacional se voltou para a China. Ontem, o país registrou o menor número de infecções por coronavírus desde o início de março – foram 122 novos casos. As medidas de controle da doença estão surtindo efeito, o que incentiva o governo a ser mais flexível com a sua política de covid zero.

Em Xangai, o lockdown será encerrado oficialmente na quarta-feira, dia 1º de junho; mas residentes de áreas consideradas de baixo risco “já”  podem sair de casa, além de algumas fábricas e lojas já terem sido reabertas. Em Pequim, shoppings e parques estão liberados para receber o público, mas com restrição de 50% da capacidade. 

O retorno da vida normal na segunda maior economia do mundo trouxe alívio para os investidores e impulsionou as commodities. O petróleo tipo Brent (referência no mercado internacional) subiu 1,77%. Já o minério de ferro avançou 1,16%. A alta nos preços deram um empurrãozinho em empresas aqui no Brasil. 

Enquanto a Petro está envolvida em um imbróglio político, a 3R Petroleum subiu 1,31%. Já a Vale passou boa parte do dia entre as maiores altas do pregão, após avançar 1,29%. A mineradora, inclusive, deu uma amortecida na queda do Ibovespa – ela é a maior empresa da bolsa, com 15,69% das ações negociadas. A Petro vem logo depois, com 11,22%

Uma verdadeira briga de gigantes. Até amanhã. 

Maiores altas

BB Seguridades (BBSE3): 2,62%

Continua após a publicidade

Braskem (BRKM5): 2,17%

Minerva (BEEF3): 1,86%

3R Petroleum (RRRP3): 1,31%

Marfrig (MRFG3): 1,30%

Maiores baixas

Locaweb (LWSA3): -4,99%

MRV (MRVE3): -4,42%

Yduqs (YDUQ3): -4,17%

Americanas (AMER3): -3,86%

Magalu (MGLU3): -3,75%

Ibovespa: -0,81%, a 111.032 pontos

Em NY:

S&P 500: Feriado

Nasdaq: Feriado

Dow Jones: Feriado

Dólar: 0,33%, a R$ 4,7536

Petróleo

Brent: 1,77%, a US$ 117,60

WTI: Feriado

Minério de ferro: 1,16%, US$ 135,78 no porto de Qingdao (China)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro e cobertura diária do fechamento do mercado.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de VC S/A. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 12,90/mês