Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Estes trunfos fazem a diferença para você negociar sem fazer tanto esforço

Confira quais os aspectos facilitam a negociação, segundo Eduardo Ferraz, autor do livro "Negocie Qualquer Coisa com Qualquer Pessoa"

Por Camila Pati 24 ago 2020, 09h17

O que coloca o negociador em uma boa posição para conseguir um acordo? Em mais um vídeo da websérie sobre o livro “Negocie Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa”, o autor Eduardo Ferraz explica o que faz a diferença nesse momento.  Existem, segundo ele, os seguintes trunfos: expertise, credibilidade, poder, talento e padrões de mercado.  Se você perdeu os episódios anteriores pode conferi-los aqui

Quando o negociador possui expertise ele sai na frente porque domina o assunto e, por isso, seu posicionamento é respeitado. O segundo trunfo, a credibilidade também tem um peso importante na negociação. O poder do negociador é mais um fator que pode trazer vantagens já que aumenta, e muito, a capacidade de influência sobre os rumos da conversa. “Poder, muitas vezes intimida o outro lado e, no mínimo, gera respeito”, diz Eduardo.

  • O quarto trunfo é o talento natural. Habilidades como raciocínio rápido ou capacidade de manter a calma em situações de estresse, impõem respeito e, mais uma vez, facilitam a negociação, segundo ele. Mas, mesmo que o negociador não tenha nenhuma dessas qualidades ele ainda pode contar com o apoio do que dos padrões de mercado. Valores de referência numérica  são úteis para que uma negociação não comece do zero.

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ S/A? Clique aqui e assine VOCÊ S/A.

    Gosta da VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

    Publicidade