Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

EDP doa R$ 8,3 milhões e abre edital para parceria de combate a Covid-19

As inscrições vão até 10 de abril e serão selecionadas ações de apoio aos mais vulneráveis, como famílias de baixa renda, idosos e comunidades indígenas

Por Monique Lima 8 abr 2020, 17h33

São Paulo – Na última semana, a distribuidora de energia elétrica, EDP, lançou o edital EDP Solidária – Covid 19, que vai selecionar projetos que visam levar soluções e minimizar os impactos que a pandemia tem causado no país.

As inscrições estão abertas até o dia 10 de abril e podem se candidatar iniciativas de todo o Brasil. Serão destinados R$ 1 milhão em recursos da própria companhia para apoiar ações que atendam aos mais vulneráveis, com foco em famílias de baixa renda, idosos e comunidades indígenas. Para se candidatar, acesse: www.institutoedp.org.br.

As iniciativas da EDP no Brasil se somam aos esforços feitos pela matriz em Portugal. Em março, junto com a estatal chinesa Companhia das Três Gargantas (CTG), a empresa doou 50 respiradores, 200 monitores e equipamentos médicos a hospitais portugueses.

Doações no Brasil

Em território brasileiro, as doações já somam mais de R$ 8,3 milhões para o suporte ao poder público e entidades no combate ao coronavírus. Realizada em conjunto com a organização social Comunitas, R$ 6 milhões foram doados para a compra de respiradores para as UTIs dos hospitais públicos do estado de São Paulo, o mais afetado até o momento.

Outro estado beneficiado pela empresa é o Espírito Santo. Foram entregues R$ 1 milhão para serem repassados à Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro do Itapemirim para a compra de equipamentos de proteção individual e medicamentos para o atendimento a pacientes.

Em nota, João Brito, vice-presidente de Redes da EDP no Brasil, conta que a escolha do hospital é para atender o maior número de pessoas infectadas. “A Santa Casa realiza um trabalho muito importante no Sul do estado por ser referência no atendimento e esperamos que esses recursos proporcionem melhor estrutura à população capixaba”. O hospital possui 209 leitos hospitalares, sendo 43 deles unidades de tratamento intensivo (UTI).

A empresa ainda possui um Comitê de Gestão de Crise que desde fevereiro tem feito reuniões diárias, inclusive aos fins de semana. Dentre as iniciativas voltadas aos funcionários estão: antecipação da vacinação contra a gripe, implantação de regime total de trabalho home office nos escritórios, escalonamento e descentralização das equipes de campo e reforço das campanhas internas de informação.


Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Você S/A ?
Clique aqui e assine Você S/A  a partir de R$6,90 por mês

Continua após a publicidade

Publicidade