Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

3 dicas de Cambridge para melhorar a compreensão do inglês falado

Listening (compreensão auditiva) pode ser algo bem desafiador em inglês, Confira as dicas da universidade de Cambridge para melhorar essa habilidade

Por Alberto Costa, Senior Assessment Manager da Cambridge English Atualizado em 25 ago 2020, 10h18 - Publicado em 19 ago 2020, 12h00

Ao ingressar nas aulas de inglês nós logo descobrimos a respeito das quatro habilidade que são testadas incansavelmente até chegarmos à fluência. São elas: o speaking (produção oral), o reading (leitura), o writing (escrita) e o listening (compreensão auditiva). E essa última pode ser um desafio para grande parte dos estudantes já que, na prática, o “inglês falado” pode ser um pouco diferente do “inglês escrito” em função da velocidade, de abreviações, das gírias e mesmo da flexibilização das regras gramaticais.

Mas, isso não precisa ser motivo de desespero! Tarefas simples no dia a dia e na rotina de estudos podem contribuir para melhorar esse entendimento, seja na linguagem formal ou não. Confira a seguir:

Pare de tentar interpretar tudo o que você ouve

Nossos ouvidos estão habituados a prestar atenção na gramática correta. Ou seja, quando ouvimos algo que foge desse padrão (por exemplo, uma linguagem mais coloquial) desviamos a atenção para tentar compreender por que aquela palavra foi usada daquela forma e fugimos do objetivo inicial, que era apenas entender o que estava sendo dito.

O segredo então é focar inicialmente no conjunto de elementos usados para a compreensão do contexto global da conversa. E, a partir daí, passar a captar os detalhes necessários para o entendimento completo do conteúdo. Para começar, filmes e músicas são boas opções.

Aproveite os momentos de lazer

Continua após a publicidade

Outro exercício bastante aplicado em salas de aula e que podem também ser utilizados em momentos de descanso é selecionar suas músicas internacionais favoritas para cantar acompanhando a letra. Isso não apenas contribui para a ampliação do vocabulário, como também ajuda para que o ouvido se acostume com o ritmo de fala de diferentes pessoas, nesse caso desempenhado pelos cantores ou bandas.

  • Não fuja dos nativos!

    A ideia do listening é justamente entender o que outras pessoas, incluindo os nativos, estão falando. Então, nada melhor que conversar diretamente com eles! Indiretamente a conversação também está sendo desenvolvida, e a nossa audição passa a acostumar com diferentes sotaques, por exemplo.

    Hoje em dia é possível encontrar na internet aplicativos, redes sociais e até blogs onde pessoas dispostas a te ajudar nessa missão estão disponíveis, o que é ótimo por entenderem que se trata de um processo de aprendizado e pelas dicas valiosas que podem compartilhar.

    Confira mais DICAS DE INGLÊS DA CAMBRIDGE

    Certificados de inglês: 3 mentiras em que muita gente acredita (e uma verdade)

    Você sabe diferenciar o temido trava-línguas com 6 palavras em inglês?
    Estudo do inglês em casa: será que estou mesmo progredindo?

    Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ S/A? Clique aqui e assine VOCÊ S/A.

    Gosta da VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

     

    Continua após a publicidade
    Publicidade