Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês
Guru Perguntas & Respostas

O que é o “amortização” em Ebitda?

Se você acha que é "amortização de dívidas", está contabilmente enganado.

Por Alexandre Versignassi | Ilustração: Laís Zanocco | Design: Juliana Krauss Atualizado em 11 abr 2022, 12h29 - Publicado em 8 abr 2022, 05h30

Não é amortização de dívida. O “A” de Ebitda é primo do “D” (Depreciação), que é bem simples de entender: se a empresa tem uma máquina, e ela vale R$ 1 milhão, ela é um bem da companhia. E entra no balanço como tal. Agora, se de um ano para o outro a máquina ficou ultrapassada e o valor de mercado dela caiu para R$ 700 mil, o total de bens da companhia passa a valer menos. A empresa, então, pode pegar esses R$ 300 mil de diferença e descontar do lucro. Pra quê? Para pagar menos imposto sobre o lucro.

Por isso que “Ebitda”, a sigla em inglês, significa “Lucro Antes de Juros (das dívidas), Impostos, Depreciação e Amortização”. O lucro contábil, o que vale mesmo, vem depois desses débitos.

Bora para a parte da amortização. Então: ela é a depreciação de algo abstrato, intangível. O amor? A fé? Nem tanto. Pensa numa companhia farmacêutica que tem uma patente. Ela não dura para sempre. Em alguns anos, a fórmula fica liberada para o mercado de genéricos. Uma patente que ainda tem 10 anos de validade, então, é um bem mais precioso do que uma patente que vai expirar no ano que vem.

Ou seja: patentes também depreciam com o tempo. Aí é a mesma lógica da máquina que ficou velha. A empresa assume que, num ano tal, a patente valia R$ 1 milhão no mercado, e que, 12 meses depois, passou a valer R$ 700 mil. Aí toca cortar R$ 300 mil do lucro contábil para aliviar a letra T de Ebitda – a de Taxes, Impostos. Por essas que o conceito de Ebitda é tão popular. Ele passa uma ideia mais clara do tanto de dinheiro que a empresa realmente fez no trimestre, já que não contabiliza esses descontos.

-
Arte/VOCÊ S/A

Agradecimento: Ana Carolina Leonardi, consultora de negócios.

Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo de VC S/A. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro e cobertura diária do fechamento do mercado.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)