BLACK FRIDAY: ASSINE a partir de R$ 1 por semana
Continua após publicidade

Regime de trabalho 100% remoto perde força entre grandes empresas

Companhias passam a exigir pelo menos três vezes por semana no escritório – e algumas já falam em quatro dias.

Por Camila Barros
Atualizado em 13 jul 2023, 13h14 - Publicado em 14 jul 2023, 06h05

Para um número cada vez maior de pessoas, o traje oficial das segundas-feiras deixou de ser pijama e chinelo. Nos últimos meses, grandes empresas americanas passaram a adotar jornadas de quatro dias no escritório, em vez da já usual terça a quinta. 

É o caso da BlackRock, que deu até setembro para seus empregados passarem a trabalhar presencialmente de segunda a quinta. A Disney fez o mesmo no começo do ano – mas não sem certa oposição. Na ocasião, 2.300 funcionários fizeram um abaixo-assinado solicitando a revisão da medida, alegando que isso resultaria em queda de produtividade e eficiência. 

Trata-se de uma disputa de pontos de vista que começou logo após a flexibilização do isolamento da Covid, lá em 2020. De um lado, gestores afirmam que o trabalho presencial é insubstituível em termos de produtividade e dinâmica das equipes. De outro, funcionários se dizem mais produtivos (e felizes) trabalhando de casa. 

Continua após a publicidade

Pesquisas recentes têm ajudado a sustentar o argumento dos chefes. Um estudo de pesquisadores do MIT, por exemplo, selecionou aleatoriamente funcionários na Índia para trabalhar em regime presencial ou remoto. E concluiu que aqueles trabalhando de casa foram 18% menos produtivos do que seus colegas no escritório. 

Segundo os pesquisadores, as diferenças em níveis de produtividade já se manifestaram desde o dia um – mas aumentaram ao longo do tempo, já que os trabalhadores de escritório conseguiam aprender novas tarefas com mais facilidade. 

O desafio das empresas, agora, tem sido encontrar um regime de trabalho que equilibre a produção e a satisfação dos funcionários. Como mencionamos aqui, o padrão tem sido o esquema sanduíche: segundas e sextas em casa, e trabalho presencial no recheio da semana. Segundo o Scoop Flex Index, plataforma que acompanha o regime de trabalho de 4.500 empresas nos EUA, 50% das companhias com regime híbrido exigem três dias no escritório, e 41% adotam duas vezes na semana.

Continua após a publicidade
Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

A melhor notícia da Black Friday

Assine VC S/A pelo melhor preço do ano!

BLACK
FRIDAY

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana

a partir de R$ 1,00/semana*
(Melhor oferta do ano!)

ou

BLACK
FRIDAY
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba VC S/A impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 12,90/mês

a partir de R$ 9,90/mês
(Melhor oferta do ano!)

ou

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app. Acervos disponíveis a partir de dezembro de 2023.
*Pagamento único anual de R$52, equivalente a R$1 por semana.