Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Devo perguntar o salário em uma entrevista de emprego?

Especialista tira dúvida que é comum a maioria dos profissionais e ainda dá dica para sair da entrevista sem questões pendentes.

Por Monique Lima Atualizado em 8 dez 2020, 17h47 - Publicado em 3 dez 2020, 14h00

Taí uma dúvida cruel. Mas, sim, você deve perguntar o salário quando estiver em uma entrevista de emprego – só precisa saber o momento certo de abordar o assunto. O interesse pela remuneração e pelos benefícios que a vaga concede é natural, mas trazer o tema logo de cara nunca é bem-visto pelos recrutadores.

O mantra é: não chegue querendo saber o que a empresa tem a lhe oferecer. Primeiro fale do que você tem a oferecer para a empresa. “O recrutador sempre espera que o candidato tenha feito seu dever de casa, que é a pesquisa sobre a empresa, o negócio e a vaga”, diz Rafael Souto, CEO da Produtive, consultoria de carreira.

  • Ou seja, o perigo não está em perguntar o salário, mas em focar nele e esquecer que, para ganhá-lo, você deve exercer uma atividade e desempenhá-la bem. Então a dica do Rafael é: espere o recrutador abordar o tema. Caso ele não o faça, sempre tem aquela pergunta final “você tem alguma dúvida?”.

    Nessa hora o assunto de carreira já foi devidamente esmiuçado e a questão do salário ficou em segundo plano. Aí dá para, finalmente, fazer a pergunta que mais importava o tempo todo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade