8 lições do fundador da rede McDonald´s

A história do empresário que transformou o McDonald’s em um império traz ensinamentos valiosos para quem deseja empreender.

Aos 52 anos, o vendedor de máquinas de milk-shake Ray Kroc comprou uma lanchonete administrada por dois irmãos, os McDonalds, e começou a construir, nos anos 1950, o que viria a ser a rede de fast-food mais valiosa do mundo. Durante essa trajetória, o norte-americano colecionou sucessos e polêmicas, como a de reescrever a história da empresa para ser lembrado como o criador da marca.

Kroc faleceu em 1984, mas deixou um legado profissional indiscutível, retratado no livro Fome de Poder – A Verdadeira História do Fundador do McDonald’s. As oito lições de carreira a seguir, inspiradas na obra, revelam que algumas competências, como certo grau de obstinação e disposição para assumir riscos, continuam sendo mantras para qualquer empreendedor.

1 – Transforme as ideias em ação
Desde criança, o empresário norte-americano tinha o objetivo de crescer na carreira. Ele afirma que nunca pensou em seus sonhos como desperdício de energia e que aprendeu a atrelar cada um dos seus desejos a alguma atitude para fazê-los dar certo. Empreender, para ele, sempre foi um caminho – Kroc abriu, ainda na infância, uma barraca para vender limonada na frente da casa onde morava.

2 – Fique atento às oportunidades
O empreendedor se mostrava um bom vendedor, mas não era um dos melhores. Só que a determinação em prosperar o levava a ficar sempre de olho em novas oportunidades. Ao enxergar uma inovação no modelo de serviço rápido e integrado dos irmãos McDonalds, Kroc identificou um grande potencial de negócio. Para ele, era fundamental observar o comportamento do consumidor, as tendências e as chances de oferecer produtos ou serviços que agreguem valor ao mercado.

3 – Faça parcerias
O vendedor de milk-shakes conheceu a lanchonete dos irmãos McDonalds e se encantou com os processos e a agilidade para servir produtos de qualidade. E logo propôs a eles uma parceria para expandir o negócio, unindo expertises, já que ele entendia de vendas e marketing. Mais tarde, Kroc comprou a empresa e tornou-se o único proprietário.

4 – Esteja disposto a trabalhar muito
A rotina árdua foi uma constante para ele. Mesmo diante do sucesso, Kroc não deixou de acompanhar de perto o negócio. Já idoso, ia trabalhar de cadeira de rodas e analisava em detalhes os números das novas operações. O empresário, que não gostava de ficar ocioso, dizia que o trabalho era “a carne no hambúrguer da vida”. Quando faleceu, em 1984, deixou sua empresa avaliada em 8 bilhões de dólares, com restaurantes em 31 países.

5 – Conheça bem sua área de atuação
Kroc dominava os conhecimentos do setor de alimentos e bebidas, pois visitara inúmeros restaurantes, lanchonetes e drive-ins nos Estados Unidos para vender máquinas de milk-shake. Empreender em uma área em que se tem vivência é um diferencial.

6 – Seja detalhista
O empresário era aficionado por qualidade. Quando abriu a primeira unidade franqueada do McDonald’s, repassou, por exemplo, todas as etapas do processo de fritura das batatas até descobrir o detalhe que garantiria o resultado esperado.

7 – Assuma riscos
Kroc chegou a hipotecar sua casa e até a aumentar a hipoteca para financiar seu sonho. E sabia que, para cumprir com o pagamento das dívidas, precisaria ser obstinado e estratégico.

8 – Não se limite
Kroc tinha 52 anos quando redirecionou sua atividade profissional e fez expandir o método McDonald’s pelos Estados Unidos, tornando a marca um fenômeno mundial. Em um período da vida em que muitos profissionais já estão mirando a aposentadoria, ele deixou seu sonho falar mais alto.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.