Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Depois de quanto tempo eu posso perguntar se consegui a vaga?

As más línguas dirão que, se você está se perguntando isso, é porque não conseguiu. Mas pode ignorá-las, porque não é bem assim.

Por Monique Lima Atualizado em 14 jan 2021, 15h07 - Publicado em 8 jan 2021, 06h00

As más línguas dirão que, se você está se perguntando isso, é porque não conseguiu. Mas pode ignorá-las, porque não é bem assim. De modo geral, os processos de seleção têm um prazo; logo, a resposta também.

Se o recrutador indicou uma data para a devolutiva e não cumpriu, você não só pode, como deve, cobrar a sua resposta – mas seja gentil, por favor, e não coloque tudo a perder com uma cobrança que pareça grosseira e intimidadora. E, claro: se você tem uma data, tenha paciência e aguarde.

Agora, se não deram um prazo para você se apegar, é necessário um exercício de empatia e bom senso. Processos seletivos são burocráticos e dependem de muita gente. O atraso pode ser do gestor, que não decidiu, do financeiro, que barrou, do CEO, que ainda não assinou…

Katia Ackermann, diretora executiva da consultoria Produtive, dá uma dica para quem está no escuro: “Depois de 15 dias, o candidato pode entrar em contato e indicar que está à disposição para dar mais informações”.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade