Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Diogo Arrais Por Língua É professor de língua portuguesa, consultor de empresas, fundador do Arrais Cursos e criador do Canal Mesma Língua no Youtube

Nesta frase, há dois erros de português, mas poucas pessoas vão notar

O que há de errado nesta chamada: "neste final de semana, o bloco Charanga do França acontecerá às onze da manhã"? Professor Diogo Arrais explica

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais) Atualizado em 9 dez 2020, 19h28 - Publicado em 28 jan 2020, 14h04

Durante a divulgação sobre os ensaios dos blocos carnavalescos, uma importante página expôs:

“Neste final de semana, o bloco Charanga do França acontecerá às onze da manhã”.

Por se tratar de fato no presente (ou futuro próximo), houve excelente uso do demonstrativo “este”, em contração com a preposição “em”.

No entanto, em referência ao período entre sexta e domingo, é muito mais pertinente o uso da expressão “fim de semana”. Aliás, de acordo com as Novas (já nem tão novas) Regras Ortográficas, o hífen, em “fim de semana” (em função da existência do conectivo “de”) deixa de existir.

Acontecerá às 11? O verbo acontecer tem seu uso restrito a “suceder de repente”; é ideia de inesperado, desconhecido, imponderável. Vejamos um bom exemplo:

Continua após a publicidade

“Caso algum ato violento aconteça, ninguém da organização será culpado?”

No sentido de “ser”, “haver”, “realizar-se”, “estar marcado para”, não há lógica no uso de “acontecer”. Em outras palavras:

“Neste fim de semana, o bloco Charanga do França será às onze da manhã.”

Sim! O bloco será às onze horas.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

  • foto/Divulgação
    Continua após a publicidade
    Publicidade