Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Vale e Petro levam Ibovespa para o buraco

Mineradora cai 3,32%, estatal recua 1,85%. Mergulho foi na conta de Jerome Powell, que admitiu possibilidade de recessão nos EUA.

Por Júlia Moura, Tássia Kastner Atualizado em 23 jun 2022, 17h54 - Publicado em 23 jun 2022, 17h42

Foi um tombo daqueles. Vale e Petrobras despencaram nesta quinta, uma cortesia da possibilidade de recessão nos Estados Unidos. A proposta de aumento no Auxílio Brasil não ajuda.

Em audiência no Comitê Bancário do Senado americano, Jerome Powell, presidente do Fed (banco central americano), assegurou o comprometimento da autoridade em reduzir a inflação —que ele descreveu como “incondicional”— e admitiu a possibilidade de uma recessão como consequência. Dados já apontam aumento do desemprego e desaceleração nas atividades industriais e de serviço nos EUA.

Refletindo a piora nas condições, os índices acionários americanos oscilaram entre perdas e ganhos, mas foram salvos pela recuperação de ações de tecnologia, fechando no azul.

Nesta quinta, commodities operaram em baixa com a perspectiva de uma menor demanda. Acompanhando a queda do petróleo, PETR4 caiu 1,85% e PETR3, 2,12%.

O minério de ferro foi uma exceção. A matéria-prima foi salva pelo governo chinês. Xi Jinping garantiu que a China irá manter a meta de crescimento econômico neste ano levando o minério a saltar quase 7%, após cair 5,57% na véspera. A Vale, porém, não conseguiu aproveitar o movimento e despencou 3,32%. 

Além das perspectivas negativas para a economia americana – e mundial –, as ações brasileiras foram pressionadas pela possibilidade de maiores gastos governamentais.

Pré-eleição, o governo de Jair Bolsonaro (PL) articula com o Senado ampliar o vale-gás e o Auxílio Brasil, de R$ 400 para R$ 600. Além disso, seria criado um voucher mensal de R$ 1 mil para caminhoneiros. 

O retorno do medo de um descontrole fiscal levou o Ibovespa a recuar 1,45%, a 98.080 pontos, menor patamar desde novembro de 2020. Das 91 empresas do índice, 54 terminaram o pregão em queda, de acordo com dados da Bloomberg.

Maiores altas

Locaweb (LWSA3): 9,19%

BRF (BRFS3): 7,88%

Petz (PETZ3): 6,44%

Magazine Luiza (MGLU3): 4,51%

Americanas (AMER3): 4,35%

Maiores baixas

Continua após a publicidade

SLC Agrícola (SLCE3): -6,67%

Ultrapar (UGPA3): -4,05%

3R Petroleum (RRRP3): -3,44%

Qualicorp (QUAL3): -4,32%

PetroRio (PRIO3): -3,76%

Ibovespa: -1,45%, a 98.080 pontos

Em NY:

S&P 500: 0,95%, a 3.795,77 pontos

Nasdaq: 1,62%, a 11.232,19 pontos

Dow Jones: 0,64%, a 30.678,15 pontos

Dólar: 1,02%, a R$ 5,2298

Petróleo

Brent: 1,51%, a US$ 110,05

WTI: 1,80%, a US$ 104,27

Minério de ferro: 6,72%, a US$ 116,30 no porto de Qingdao (China)

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo de VC S/A. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro e cobertura diária do fechamento do mercado.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)