Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês

Porteira fechada para IPOs

Depois de dois anos com mais de 70 novas empresas listadas na B3, a bolsa brasileira enfrenta um ano na seca de IPOs.

Por Juliana Américo Atualizado em 25 Maio 2022, 04h38 - Publicado em 13 Maio 2022, 06h35

A bolsa brasileira entra neste quinto mês do ano na seca. Até aqui, nenhuma empresa fez IPO. O baque é maior porque 2021 foi fora da curva. No ano passado, 46 empresas estrearam na bolsa — 23 delas entre janeiro e abril. Foi o maior número desde 2007 (que teve 64 ofertas iniciais). E 2020 também não ficou muito para trás: foram 28 aberturas de capital. Nos últimos dois anos, elas arrecadaram mais de R$ 100 bilhões.

2022 havia começado promissor: 28 ofertas estavam sob análise na CVM (Comissão de Valores Mobiliários). Acontece que a maioria desistiu de seguir com os processos logo no primeiro trimestre. Hoje, apenas cinco continuam com o plano: SBPAR, Corsan, Miguel Bartolomeu, Senior Sistemas e Qestra – as duas últimas, inclusive, foram as únicas a protocolarem os pedidos de IPO em 2022; as outras fizeram isso em 2021.

São dois fatores que causaram essas desistências. O primeiro é a disparada dos juros. Há um ano, o Banco Central iniciou os reajustes da Selic para conter a inflação. De lá para cá, os juros saíram do seu menor nível na história, 2%, e avançaram para o patamar de 12%. Nisso, a renda variável fica menos atrativa. Segundo fator: as eleições presidenciais. São períodos em que o mercado fica mais volátil, pouco indicados para empresas que desejam começar uma história na bolsa.

-
Arte/VOCÊ S/A
Compartilhe essa matéria via:
Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VC S/A! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VC S/A, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VC S/A, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

App VC S/A para celular e tablet, atualizado mensalmente.


a partir de R$ 12,90/mês