Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Payroll americano encerra semana nas bolsas

Dado sobre mercado de trabalho dos EUA dá pistas sobre possível recessão por lá e também sobre os próximos passos do Fed.

Por Bruno Carbinatto 5 ago 2022, 08h15

Bom dia!

Depois de uma semana tumultuada nas bolsas, investidores agora aguardam o número que vai fechar a semana: é o payroll, relatório oficial de empregos nos EUA. Ele sai às 9h30.

O dado é um dos mais importantes para a economia americana, e por dois motivos. O primeiro é que ele dá pistas sobre a recessão que bate às portas dos EUA. Apesar do país ter registrado dois trimestres de queda no PIB, o que dá para chamar de recessão técnica, o mercado de trabalho continua forte e aquecido, com um desemprego baixo (3,6%), quase nos níveis pré-pandemia. 

Um payroll forte pode ajudar a acalmar os temores de recessão, mas o número também pode vir para assustar. Algumas empresas, como Walmart e Robinhood, cortaram seus quadros de funcionários recentemente, citando justamente a piora da economia.

O segundo motivo é que a força do mercado de trabalho americano guia também as decisões do Fed, o banco central americano. O problema, aqui, é que um mercado de trabalho muito aquecido significa também maior inflação, e o Fed pode responder com movimentos mais agressivos. 

Por enquanto, o mercado está dividido sobre o próximo aumento nos juros por lá: alguns apostam num salto de 0,75 p.p., enquanto outros ainda veem um aumento mais suave, de 0,5 p.p., como mais provável.

As expectativas são de que o payroll mostre a criação de 250 mil empregos em julho, o que representaria uma desaceleração em relação ao mês anterior (372 mil), mas ainda seria um número forte. 

Boa sexta-feira.

Compartilhe essa matéria via:
humorômetro: o dia começou sem tendência definida
Arte/VOCÊ S/A

Futuros S&P 500: -0,02%

Futuros Nasdaq: -0,12%

Futuros Dow: 0,10%

*às 8h05

Europa

Índice europeu (EuroStoxx 50): -0,36%

Bolsa de Londres (FTSE 100): -0,21%

Bolsa de Frankfurt (Dax): -0,09%

Continua após a publicidade

Bolsa de Paris (CAC): -0,55%

*às 08h06

Fechamento na Ásia

Índice chinês CSI 300 (Xangai e Shenzhen): 1,35%

Bolsa de Tóquio (Nikkei): 0,87%

Hong Kong (Hang Seng): 0,14%

Commodities

Brent: -0,38%, a US$ 93,76

Minério de ferro: 2,98%, cotado a US$ 108,90 por tonelada em Cingapura

*às 7h57

market facts

Mercado ilegal

Um levantamento realizado pela Fecomércio RJ (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Rio de Janeiro) estima que o mercado ilegal causou prejuízo de R$ 336,8 bilhões ao Brasil em 2021. A conta engloba contrabando, pirataria, concorrência desleal por fraude fiscal, sonegação de impostos e furto de serviços públicos. Do total, R$ 95 bilhões são só de impostos não coletados. A entidade também estimou que o 535,7 mil empregos formais deixaram de ser criados no país por causa do mercado ilegal. 

Vale a pena ler: 

Airbnb, maior fã do anywhere office

O Airbnb nasceu durante a crise financeira de 2008, quando os americanos procuravam desesperadamente por maneiras de criar renda extra. Deu certo até março de 2020. No começo da pandemia, a companhia contraiu 18% e tomou US$ 2 bilhões em dívidas. Depois de passar pela fase de vacas magras, o Airbnb tem muito a agradecer ao anywhere office. Nômades digitais são a grande esperança da empresa para continuar crescendo. O Wall Street Journal faz um raio-x dos negócios do Airbnb neste vídeo

Caos aéreo na europa

Que idas ao aeroporto são momentos especialmente estressantes da experiência humana todo mundo concorda. Mas tem sido pior para os turistas que decidiram passear pela europa neste verão. As companhias aéreas do continente passam por uma crise de mão de obra que começou durante a pandemia, quando levas de funcionários se demitiram ou tiveram seus salários reduzidos. Aqui, a Folha recapitula a crise e explica o que está por vir. 

Agenda

9h30 – Departamento do Trabalho dos EUA divulga relatório sobre empregos (payroll) de julho

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro e cobertura diária do fechamento do mercado.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)

Impressa + Digital

Plano completo de VC S/A. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 12,90/mês