E se os homens fossem apagados do poder?

Vídeo mostra a escassa presença feminina nos centros de poder internacionais

A revista feminina Elle lançou recentemente sua edição anual voltada para o feminismo, cuja capa é 

ilustrada pela atriz Carey Mulligan. Ela é protagonista do filme Suffragette, com lançamento previsto para dezembro deste ano, que conta a história do movimento de mulheres na Inglaterra que lutaram pelo direito ao voto. 

Junto com essa edição, a revista lançou um vídeo em que usou o Photoshop, programa de edição de fotos, para apagar os homens das imagens e mostrar como a presença das mulheres é escassa. A campanha #MoreWomen (mais mulheres, em português) cobra mais mulheres no poder. Nas imagens editadas, é possível ver figuras ilustres como as atrizes Emma Watson e Lena Dunham, mas também a Elizabeth II, a rainha da Inglaterra e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Leia também Mulheres no mercado de trabalho: pequenas mudanças, grandes avanços

“Há muitas situações em negócios, música, arte e mídia, onde as mulheres são representadas por uma única figura feminina. (…) O sucesso de uma mulher deixa todas as mulheres mais fortes”, diz trecho da publicação.

Assista o vídeo na íntegra 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: