Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

E se os homens fossem apagados do poder?

Vídeo mostra a escassa presença feminina nos centros de poder internacionais

Por Por Anna Carolina Rodrigues Atualizado em 17 dez 2019, 15h26 - Publicado em 13 out 2015, 11h30

A revista feminina Elle lançou recentemente sua edição anual voltada para o feminismo, cuja capa é 

ilustrada pela atriz Carey Mulligan. Ela é protagonista do filme Suffragette, com lançamento previsto para dezembro deste ano, que conta a história do movimento de mulheres na Inglaterra que lutaram pelo direito ao voto. 

Continua após a publicidade

Junto com essa edição, a revista lançou um vídeo em que usou o Photoshop, programa de edição de fotos, para apagar os homens das imagens e mostrar como a presença das mulheres é escassa. A campanha #MoreWomen (mais mulheres, em português) cobra mais mulheres no poder. Nas imagens editadas, é possível ver figuras ilustres como as atrizes Emma Watson e Lena Dunham, mas também a Elizabeth II, a rainha da Inglaterra e a chanceler alemã, Angela Merkel.

Continua após a publicidade

Leia também Mulheres no mercado de trabalho: pequenas mudanças, grandes avanços

“Há muitas situações em negócios, música, arte e mídia, onde as mulheres são representadas por uma única figura feminina. (…) O sucesso de uma mulher deixa todas as mulheres mais fortes”, diz trecho da publicação.

Assista o vídeo na íntegra 

Continua após a publicidade
Publicidade