Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

O que é a “técnica pomodoro”?

Técnica de gestão do tempo, já se tornou prática comum aos estudantes, profissionais e atletas para melhorar a produtividade. Mas será que serve para você?

Por Juliana Américo Atualizado em 25 nov 2020, 12h43 - Publicado em 25 nov 2020, 12h00

É um método de gestão de tempo. A ideia é dividir o trabalho em blocos para aumentar a concentração e a produtividade. Ele foi desenvolvido pelo italiano Francesco Cirillo, no final dos anos 1980. Na época, ele usou um timer de cozinha para controlar o seu tempo de estudos – timer que tinha o formato de um tomate, daí o nome.

Funciona assim: você deve realizar uma tarefa por 25 minutos e descansar por 5. Repita esse ciclo quatro vezes. E na última pausa o descanso é maior, de até meia hora. A cartilha da técnica prega certas regras.

1) Você precisa fazer uma lista das atividades do dia;

2) nos turnos de 25 minutos de trabalho, a concentração deve ser absoluta;

3) se surgir uma tarefa nova, anote na lista de atividades e deixe-a para outro ciclo.

Só tem um detalhe: isso não é ciência. É achismo. E péssimo para trabalhos criativos – não faz sentido parar quando a inspiração bate. Este texto, por exemplo, não foi escrito usando a técnica pomodoro.

Continua após a publicidade

Publicidade