Imagem Blog

Guru Materia seguir SEGUIR Materia seguir SEGUINDO

Perguntas & Respostas
Continua após publicidade

Vale a pena vender os títulos IPCA+3% que tenho na carteira para comprar IPCA+6%?

Pode valer super. Só depende de certos fatores – veja quais.

Por Alexandre Versignassi
Atualizado em 18 jul 2023, 18h57 - Publicado em 10 mar 2023, 06h49

Se for trocar para um título público com a mesma data de vencimento, tipo um Tesouro IPCA+2035 3% por um IPCA+2035 6%, não vale a pena. Você vai vender por um preço menor do que pagou quando a taxa era de 3%, e o normal é que o ganho lá na frente, sob uma taxa de 6%, não compense esse prejuízo. Há exceções, dependendo do momento do mercado, mas o ideal aí é segurar até o vencimento e pronto.

Só que trocar um título de vencimento curto por um mais longo é uma boa, sim. Principalmente em momentos de juros fora da curva, como agora. Vamos dizer que você colocou R$ 10 mil em IPCA+2026 no início de 2021, quando esse título estava oferecendo 3,7% em rentabilidade contratada. Dois anos depois, seu saldo estaria em R$ 10,9 mil. Esse papel valorizou 9% na “marcação a mercado”, o preço que se paga por ele na praça.

Compartilhe essa matéria via:

Mantendo os títulos na carteira, eles chegarão ao vencimento, em 2026, transformados em R$ 12,9 mil brutos (em valores de hoje, sem contabilizar a inflação daqui até lá). Legal. Mas se você vender seus títulos agora por R$ 10,9 mil e colocar em IPCA+2035, seu eu do futuro vai agradecer. Em fevereiro, esse título estava pagando 6,30% ao ano. Ou seja: no vencimento dele, daqui a 12 anos, você terá R$ 22,7 mil (novamente em dinheiro de hoje – neste caso não é necessário estimar o valor nominal, que vem engordado pela inflação).

Continua após a publicidade

Já se você esperasse o IPCA+2026 chegar a R$ 12,9 mil, a chance de perder o bonde dos juros de 6 e tantos por cento seria real. Vamos dizer que a economia volte aos trilhos e o IPCA+ retorne a taxas mais terráqueas, tipo 4%. Aí você pegaria os R$ 12,9 mil que recebeu no vencimento do IPCA+2026 e aplicaria em IPCA+2035 a 4%. Depois de 9 anos (o intervalo entre 2026 e 2035), você teria R$ 18,3 mil – 19% menos do que se tivesse feito a manobra agora para surfar no juro alto.

Claro que tudo isso só vale se as taxas do IPCA+ pararem de subir. Em 2016, o IPCA+2035 chegou a pagar 7,80%. Se essa for a realidade em 2026, fazer a manobra agora, com a taxa em 6,3%, significaria perder uma oportunidade. Mas, como o futuro é inescrutável e taxas de 6% acima da inflação são algo bom em qualquer circunstância, vale mesmo pensar a sério em títulos longos, simplesmente para travar um juro alto por mais tempo.

Publicidade