Clique e Assine a partir de R$ 12,90/mês
Guru Perguntas & Respostas

Qual é a moeda menos valorizada do mundo?

O Big Mac Index, da revista britânica The Economist, ajuda a responder a essa pergunta: é o rublo russo (e não tem a ver com a guerra). Entenda.

Por Tássia Kastner Atualizado em 12 Maio 2022, 17h30 - Publicado em 13 Maio 2022, 05h22

O jeito mais simples de responder a essa pergunta é apelar para o Big Mac Index, uma criação genial da revista britânica The Economist. Para saber se uma moeda está valorizada ou não (em relação ao dólar) eles fazem o seguinte: a cada seis meses, pesquisam o preço do Big Mac em dezenas de países e convertem para o dólar. Quem tiver o Big Mac mais barato por esse critério está com a moeda mais desvalorizada. Faz todo o sentido. O lanche tem os mesmos ingredientes no mundo todo. Se ele é mais caro em dólar na Dinamarca do que na Coreia do Sul, então, significa que a coroa dinamarquesa está mais valorizada no mercado global de moedas do que o won sul-coreano. 

A Economist compilou seu Big Mac Index mais recente no final de janeiro. O Big Mac mais barato era o da Rússia (o país de Putin ainda tinha McDonald’s). Custava 135 rublos. Pelo câmbio de janeiro, dava US$ 1,74. No Brasil, são R$ 22,90. Com o dólar a R$ 5,31, que a Economist usou, dava US$ 4,31. Ou seja, um Big Mac na Rússia custava menos da metade de um daqui no início do ano. O único país com uma moeda nesse grau de desvalorização era a Turquia, com seu Big Mac a US$ 1,86. Já o real estava entre as 16 moedas mais valorizadas entre as 57 que a Economist pesquisou, mesmo com o câmbio acima de R$ 5 – um dado que contraria o senso comum.

Sobre o rublo, tem um detalhe: de janeiro para cá, a moeda russa valorizou. Pois é. A moeda russa tinha perdido 30% em relação ao dólar com o início das sanções internacionais, no final de fevereiro. Mas o BC local aumentou os juros, de 9,5% para 20%. Quando juros aumentam a moeda tende a valorizar. E foi o que aconteceu. Antes da guerra, 77 rublos compravam um dólar. Agora o câmbio de lá está em 71 rublos. Alta de 8% no período. Ao mesmo tempo, a lira turca perdeu mais valor ainda. Caiu 10% em relação ao dólar em janeiro. Juntando os dois fatores, temos que a moeda mais desvalorizada do mundo, ao menos entre as das economias relevantes, é a lira turca.

-

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo da VC S/A! Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Acesso ilimitado ao Site da VC S/A, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 14,90/mês

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Acesso ilimitado ao Site da VC S/A, com conteúdos exclusivos e atualizados diariamente.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

App VC S/A para celular e tablet, atualizado mensalmente.


a partir de R$ 12,90/mês