Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

LinkedIn destaca três áreas com empregos em alta em 2021

E-commerce, varejo e vendas foram alavancados com o isolamento social e as vendas on-line e devem permanecer em alta ao longo deste ano.

Por Monique Lima Atualizado em 10 fev 2021, 09h43 - Publicado em 10 fev 2021, 11h00

O mundo mudou depois de ser assolado pela pandemia do coronavírus. Consequentemente, o mercado de trabalho teve que acompanhar essa mudança. O novo levantamento de empregos do LinkedIn, maior rede social de profissionais do mundo — com mais de 740 milhões de usuários e 47 milhões deles brasileiros –, indicou que os setores mais aquecidos neste ano são reflexos desta sociedade modificada. Entre os 15 empregos que mais cresceram entre abril e outubro de 2020, em comparação com o mesmo período de 2019, cinco estão relacionados aos setores de e-commerce, varejo e vendas. 

É fácil entender o motivo, não é mesmo? Com o isolamento social forçado há quase um ano, a demanda por produtos on-line aumentou muito, com isso trabalhadores ligados ao comércio eletrônico são os mais desejados no momento. Cargos de logística, supply chain e marketing digital estão em destaque pela natureza do serviço: são eles que garantem desde a visualização dos produtos até a entrega nas mãos dos clientes. As contratações relacionadas a e-commerce cresceram 43% em 2020. 

Já na área do varejo, o que pegou no ano passado foi a transferência da operação presencial para o ambiente virtual, como medida de sobrevivência do negócio e crescimento das empresas. Com isso, o levantamento apontou cargos de vendas e suporte ao cliente como fundamentais para essa área em 2021 também.

Outra profissão em voga é o telemarketing, que teve um crescimento de 67% em 2020, contratando uma força de trabalho mais jovem — a média de idade dos contratados é de 21 anos. De acordo com o LinkedIn, essa categoria de trabalho também registrou um grande número de transições de carreira, com pessoas passando de funções como caixa e vendedor para atendentes de telemarketing. 

Confira as profissões e habilidades que deverão seguir impulsionando o mercado de trabalho nestas áreas em 2021, segundo o LinkedIn: 

  •  Cargos em vendas 

Principais competências: negociação, gestão comercial, pré-vendas, pós-vendas, planejamento de negócios.

Cargos comuns: gerente de vendas, assistente operacional de vendas, supervisor e coordenador comerciais. 

 

Continua após a publicidade
  • E-commerce

Principais competências: gerenciamento de logística, operações de depósito, controle de estoque e gerenciamento da cadeia de suprimentos.

Cargos comuns: diretoria de suprimentos, técnico(a) em logística, analista de estoque, operário(a) de estoque, gerente de e-commerce, analista de e-commerce. 

 

Continua após a publicidade
  •  Telemarketing

Principais competências: atendimento ao cliente, vendas diretas, suporte ao telefone. 

Cargos comuns: representante de telemarketing, operador(a) de telemarketing e especialista em telemarketing. 

 

Continua após a publicidade
  • Cargos de experiência de clientes 

Principais competências: atendimento ao cliente, experiência do cliente, negociação, planejamento de negócios, liderança de equipe e central de atendimento. 

Cargos comuns: atendimento ao cliente, líder de equipe de atendimento ao cliente, especialista em central de atendimento, gerente de sucesso do cliente e gerente de experiência do cliente. 

 

Continua após a publicidade
  • Especialistas em marketing digital

Principais competências: marketing de influência, marketing digital, experiência de usuário (UX), mídias sociais, Search Engine Optimization (SEO).

Cargos comuns: gerente de mídias sociais, especialista em estratégias de posicionamento, consultora de marketing digital, produtora de conteúdo e redatora para experiência do usuário. 

 

Continua após a publicidade
  • Varejo

Principais competências: vendas no varejo, merchandising, atendimento ao cliente e marketing digital. 

Cargos comuns: especialista em merchandising, especialista em marketing digital, profissional de experiência do usuário.  

A lista completa com os 15 empregos em alta pode ser acessada aqui.

Continua após a publicidade
Publicidade