ESPECIAL 2003 – As piores empresas para trabalhar

Os nove vícios gerenciais que tornam sua vida profissional um inferno

Atire a primeira pedra quem nunca extravasou a raiva no banheiro de trabalho, seja chorando, com gritos ou até mesmo precisando de um tempo para respirar. Por mais que práticas como escritórios abertos, horários flexíveis e comitês de discussão estejam se tornando cada vez mais comuns, não são raros os casos de empresas com ambientes profissionais ruins. No final do ano passado, a equipe de VOCÊ S/A publicou um TBT (Throwback Thursday) no Instagram com uma capa de setembro de 2003. Na matéria, intitulada “As piores empresas para trabalhar”, mostramos situações que faziam da vida dos trabalhadores um inferno.  Confira a matéria completa:

 

Está com dificuldade para ler? 
Se a imagem do texto estiver muito pequena, clique no botão no canto superior da foto para ampliar e aperte as teclas “Ctrl” e “+” juntas.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: