Crise do coronavírus: como e para quem denunciar violações trabalhistas

Desde o início da pandemia, o Ministério Público do Trabalho já instaurou 1,747 inquéritos com tema Covid-19 no Brasil

São Paulo – Desde o começo da pandemia de coronavírus, praticamente metade das denúncias sobre violações trabalhistas recebidas pelo Ministério do Trabalho estão relacionadas à Covid-19. Dados extraídos do sistema MPT Digital na segunda-feira, 20, indicam 9.077 denúncias num universo de mais de 18,4 mil.

Já foram abertos pelo MPT, 1.747 inquéritos civis em todo o país com o tema Covid-19. O crescimento é de 32% em relação à semana passada.

As principais queixas são de falta de proteção à saúde e à segurança do trabalhador , demissões em massa ou fraudes nas rescisões contratuais.

As denúncias são processadas, por meio do aplicativo gratuito MPT Pardal (disponível para Android e para IOS) por formulário online ou ainda pelos canais informados nas páginas das seguintes unidades regionais:

Rio de Janeiro: http://www.prt1.mpt.mp.br
São Paulo: http://www.prt2.mpt.mp.br
Minas Gerais: http://www.prt3.mpt.mp.br
Rio Grande do Sul: http://www.prt4.mpt.mp.br
Bahia: http://www.prt5.mpt.mp.br
Pernambuco: http://www.prt6.mpt.mp.br
Ceará: http://www.prt7.mpt.mp.br
Pará e Amapá: http://www.prt8.mpt.mp.br
Paraná: http://www.prt9.mpt.mp.br
Distrito Federal e Tocantins: http://www.prt10.mpt.mp.br
Amazonas e Roraima: http://www.prt11.mpt.mp.br
Santa Catarina: http://www.prt12.mpt.mp.br
Paraíba: http://www.prt13.mpt.mp.br
Rondônia e Acre: http://www.prt14.mpt.mp.br
Campinas: http://www.prt15.mpt.mp.br
Maranhão: http://www.prt16.mpt.mp.br
Espírito Santo: http://www.prt17.mpt.mp.br
Goiás: http://www.prt18.mpt.mp.br
Alagoas: http://www.prt19.mpt.mp.br
Sergipe: http://www.prt20.mpt.mp.br
Rio Grande do Norte: http://www.prt21.mpt.mp.br
Piauí: http://www.prt22.mpt.mp.br
Mato Grosso: http://www.prt23.mpt.mp.br
Mato Grosso do Sul: http://www.prt24.mpt.mp.br

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Você S/A?
Clique aqui e assine VOCÊ S/A por R$ 9,90 por mês.

E se você gosta da VOCÊ RH é só clicar aqui para ser nosso assinante, também por R$ 9,90 mensais.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: