Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Concurso: o que é o Prêmio Nacional das Artes, divulgado com vídeo nazista

Polêmico edital divulgado pelo ex-secretário de Cultura será publicado oficialmente nesta semana e vai bancar projetos em 5 áreas

Por Camila Pati Atualizado em 20 jan 2020, 12h29 - Publicado em 20 jan 2020, 11h27

São Paulo – O vídeo em que o então secretário de Cultura Roberto Alvim copiou o nazista Joseph Goebbels e que rendeu sua demissão trata de um concurso de forte viés nacionalista que, segundo o governo vai promover o “renascimento da arte brasileira”. O secretário caiu, mas o concurso segue como a principal ação propositiva do governo para a cultura e o edital da iniciativa será publicado nesta semana.

Ao custo de 20,6 milhões de reais para os cofres públicos, o Prêmio Nacional das Artes vai selecionar projetos artísticos em cinco áreas. Ao todo serão escolhidas 5 óperas, 25 espetáculos teatrais, 25 exposições individuais de pintura e 25 de escultura, 25 contos inéditos, 25 CDs musicais originais e 15 propostas de histórias em quadrinhos.

As inscrições vão até o dia 9 de março por meio do Sistema de Apoio às Leis da Cultura, (Salic), em uma das categorias e pessoas do Brasil inteiro podem inscrever projetos.  A decisão sobre os vencedores será tomada por uma comissão de apenas cinco pessoas: dois servidores da Secretaria Especial da Cultura e 3 representantes da sociedade civil com notório saber nas respectivas áreas.

  • Os selecionados serão anunciados em abril e os artistas vão receber o dinheiro em maio.  Segundo o vídeo de divulgação já retirado do ar por conter referências nazistas  – as políticas públicas na área de cultura vão privilegiar projetos artísticos com temas ligados “à Pátria, à família, à coragem do povo e sua profunda ligação com Deus.

    Para apresentar o que o governo federal classifica como a “Nova Arte Nacional”, é prometida uma festa em setembro com a apresentação dos artistas e lançamento das suas obras. O mês é tratado pelo governo de Jair Bolsonaro como Mês do Renascimento da Arte Brasileira. Depois disso,  a secretaria informa que os espetáculos, exposições e concertos vão rodar municípios de todas as regiões do Brasil.

    A seguir confira , os detalhes dos prêmios em cada uma das categorias:

    Continua após a publicidade

    ÓPERA
    5 óperas de compositores brasileiros 1 por região do Brasil
    Valor: R$ 1,1 milhão cada
    Total a ser investido: 5,500 milhões

    TEATRO
    25 espetáculos teatrais 5 por região do Brasil
    Valor: R$ 250 mil cada
    Total a ser investido:  R$ 6,250 milhões

    PINTURA
    25 exposições individuais 5 por região do Brasil
    Valor: R$ 100 mil cada
    Total a ser investido: R$ 2,5 milhões

    ESCULTURA
    25 exposições individuais 5 por região do Brasil
    Valor: R$ 100 mil cada
    Total a ser investido: R$ 2,5 milhões

    LITERATURA (CONTOS)
    25 contos inéditos 5 por região do Brasil
    Valor: R$ 25 mil cada
    Total a ser investido: R$ 625 mil

    MÚSICA
    25 compositores 5 por região do Brasil
    Valor: R$ 100 mil cada
    Total a ser investido: R$ 2,5 milhões

    HISTÓRIAS EM QUADRINHOS
    15 quadrinistas 3 por região do Brasil
    Valor: R$ 50 mil cada
    Total a ser investido: R$ 750 mil

    Continua após a publicidade
    Publicidade