Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

O que acontece se eu não pagar o boleto de MEI?

Spoiler: não é a pior dívida do mundo, mas pode te prejudicar no futuro.

Por Monique Lima Atualizado em 18 dez 2020, 08h30 - Publicado em 6 dez 2020, 00h01

Se você é um microempreendedor individual e já ficou um ou dois meses sem pagar o seu DAS, deve ter pensado que não aconteceria nada se não pagasse mais. Mas não é bem assim.

O DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional) é o único imposto que o MEI paga. É por meio dele que acontece a arrecadação do INSS e, bem, o sistema previdenciário brasileiro já não é dos melhores, então qualquer irregularidade na contribuição vai virar problema caso um dia você dê entrada numa aposentadoria como MEI.

Mais: junto com a irregularidade no INSS, os benefícios previdenciários vão por água abaixo, nada de salário-maternidade ou auxílio-doença.

“Ah, mas essas esmolas do governo eu dispenso.” Tudo bem. Mas não é só isso.

O não pagamento do DAS anula o registro de pessoa jurídica depois de dois anos de inadimplência. Isso vai deixar você sem CNPJ, e você não vai poder mais passar notas fiscais. Isso também coloca o seu nome de microempreendedor na lista de dívida ativa com a União. Ou seja, dificulta na hora de conseguir crédito no banco ou na hora de financiar um carro. Pois é.

Se você está com o DAS atrasado, essa talvez não seja a dívida que mais te dá dor de cabeça no presente, mas lá na frente vai dar.

  • Continua após a publicidade
    Publicidade