Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Diogo Arrais Por Língua É professor de língua portuguesa, consultor de empresas, fundador do Arrais Cursos e criador do Canal Mesma Língua no Youtube

Veja se você identifica os erros de português na frase

Com o aumento das entrevistas por vídeo no mundo corporativo, é preciso dar muita atenção à imagem pessoal e ao conhecimento  das normas gramaticais

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais) Atualizado em 9 dez 2020, 19h55 - Publicado em 7 out 2020, 12h00

Tratarei nesta semana sobre a gramática normativa de nossa Língua Portuguesa. Leia atentamente o trecho:

“No caso de que apenas as Empresas ingerisse os assuntos de ordem privada, ainda assim quem se encarregaria de ver cumprido os interesses da população?”

Com a reescritura adequada à norma e a devida seleção vocabular, a mensagem ficará acurada:

“Se as Empresas gerissem apenas os assuntos de ordem privada, quem se encarregaria de ver os interesses da população cumpridos? Somente o Governo, sem quaisquer Empresas?”

Vejamos mais os porquês semânticos e gramaticais. À situação de condição, os conectivos podem ser “no caso de”, “se”, “caso”, “desde que”, “contanto que”, por exemplo.

Continua após a publicidade

Dada a devida atenção à concordância entre “as Empresas” e o verbo “gerir”, é preciso também destacar a colocação pronominal antes do verbo “encarregar”.

Por mais que o futuro do pretérito e o futuro do presente, do modo indicativo, indiquem a mesóclise “encarregar-se-ia”, o termo “quem” determina que “se” venha antes do verbo. Palavras indefinidas, negativas, indicam os oblíquos átonos antes do verbo.

Esta concordância é muito importante na mensagem: “os interesses da população cumpridos”, no masculino e no plural.

 Dica corporativa

Com o avanço das Mídias Sociais, com o aumento das entrevistas por vídeo no mundo corporativo, é preciso dar muita atenção à imagem pessoal e ao conhecimento  das normas gramaticais. Desvios básicos são prejudiciais à exposição, quando se espera o formal no discurso.

Um grande abraço, até a próxima e inscreva-se no meu canal!

foto/Divulgação
Continua após a publicidade
Publicidade