Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês
Diogo Arrais Por Língua É professor de língua portuguesa, consultor de empresas, fundador do Arrais Cursos e criador do Canal Mesma Língua no Youtube

As expressões na Língua Portuguesa que mais geram dúvidas

"Logo mais" ou "logo menos"? Descubra o uso correto de expressões

Por Diogo Arrais, professor de português (@diogoarrais) Atualizado em 9 dez 2020, 19h57 - Publicado em 14 out 2020, 12h00

Algumas expressões de nossa Língua Portuguesa podem trazer dúvidas. Confira:

A PRIMEIRA VEZ (EM) QUE

“Não é a primeira vez em que apreendem, uma vez que o povo aprende.” – estampa a criativa frase de protesto.

A expressão temporal “a primeira vez que”, de acordo com a língua-padrão, não deve ter a preposição em: “É a primeira vez que discutimos o assunto.“, “A primeira vez que eles escreveram foi hoje.

Segue o mesmo raciocínio “todas as vezes que”, sem a presença da preposição em:  “Todas as vezes que alguém protestar, haverá uma opinião contrária.

LOGO (MENOS) MAIS

Na Língua Portuguesa falada no Brasil, a locução “logo mais” indica “mais tarde”, “daqui a alguns minutos”, “daqui a pouco”, “em tempo imediatamente seguinte a outro”, “numa série”, “após”.

Com o passar do tempo, surgiram diversas locuções (conjunto de palavras) em união a LOGO:

Continua após a publicidade

Até logo mais tornou-se sinônimo de até logo, cumprimento de despedida que se usa quando se espera rever proximamente o interlocutor; até mais tarde; até breve.

Desde logo:  desde aquele momento; logo, portanto.

Logo que:  no momento em que; assim que; mal. Cita o Aurélio, a esse uso, um trecho machadiano, com as Crônicas de Lélio: “Ontem, logo que tive a notícia da crise ministerial, recolhi-me a casa para esperar os acontecimentos.”

Logo, logo:  com a maior urgência; imediatamente; já, já.

Para logo:  sem demora, de pronto.

Tão logo: mal, apenas; logo que: “Acendia, tão logo anoitecia, todas as lamparinas da casa.”

Portanto, logo mais tem relação lógica com daqui a mais algum tempo, sendo incoerente  a troca do “mais” por “menos”, em “logo menos”. Se o fato ocorrerá daqui a mais alguns minutos, haverá  “mais”, e não “menos” tempo.

foto/Divulgação
Continua após a publicidade
Publicidade