Clique e Assine a partir de R$ 8,90/mês

Vaidade demais atrapalha a carreira. Como evitar deslizes

Compartilhar a responsabilidade pelos resultados com colegas e equipe é a atitude dos que sabem que ninguém faz sucesso sozinho

Por Célia Leão Atualizado em 17 dez 2019, 15h28 - Publicado em 31 jan 2015, 05h36

A virada de ano é o período em que as empresas organizam suas festas e eventos comemorativos para celebrar o trabalho dos 12 meses que acabaram de passar.

Num ano que foi difícil para a maioria dos negócios, há menos resultados a ser celebrados, mas sempre existe espaço para agradecer pelo empenho de todos.

Fim de ano também é a época em que os pavões corporativos tendem a abrir suas caudas em shows de exibicionismo. Não custa lembrar que vaidade na dose certa é positiva, significa cuidar de si mesmo. O problema é passar do limite. 

Para evitar deslizes, listei algumas atitudes que podem fazer grande diferença em sua imagem e na interação com seu time: 

• É nesta época do ano que, mais do que em outros momentos, o pronome “nós” deve ser usado em abundância. Se você é gestor, divida os resultados que colheu com sua equipe.

Continua após a publicidade

• Para quem costuma receber o bônus de participação por resultado, minha sugestão é a seguinte: já que dividir ações ou dinheiro às vezes é impossível, que tal chamar sua turma para confraternizar com você em um almoço ou uma happy hour onde possa agradecer a todos pelos resultados que lhe renderam esse prêmio? E lembre-se de que quem convida paga a conta.

• Se você tem um cargo de direção e sua empresa faz festa de confraternização, circule por todos os espaços enquanto ocorre a celebração e agradeça a todos os funcionários. 

Tenho o hábito de ler sobre os bastidores de megaproduções de teatro, cinema e grandes shows. Com o tempo, descobri por que alguns astros fazem exigências descabidas — como as centenas de toalhas.

É que eles dividem tudo com os técnicos de luz, de som, com a turma que pega pesado para montar o espetáculo. Fazem isso porque, quase sempre, toda a reverência é dada ao artista, e a equipe que cria condições para que o show aconteça é esquecida.

Nada de grandioso acontece por obra de uma pessoa só — quanto mais profissionais empenhados e envolvidos, tanto maior a chance de um trabalho ser bem-sucedido e merecedor de aplausos.

A humildade é um dos atributos dos elegantes. Faça com que a sua seja percebida por seu time, por seus pares e por todas as pessoas que colaboraram para que seu ano fosse mais bem-sucedido

Continua após a publicidade
Publicidade