Clique e Assine a partir de R$ 6,90/mês

Reserva contrata profissionais com mais de 50 anos para o Natal

Vagas estão disponíveis em lojas do Rio de Janeiro e São Paulo

Por Por Anna Carolina Rodrigues Atualizado em 17 dez 2019, 15h24 - Publicado em 11 dez 2015, 09h58

SÃO PAULO – A marca de roupas Reserva está com uma ação especial para o final do ano. O programa “Cara e Coroa” tem por objetivo recrutar profissionais com idade acima de 50 anos para compor o quadro de funcionários temporários para as vendas de Natal. A ação acontece nas lojas dos estados do Rio de Janeiro e São Paulo. A empresa optou por não revelar o valor da remuneração, mas informou que o valor é fixo. Este é o segundo ano em que a empresa dá espaço para profissionais mais sênior. 

No ano passado, já tinham sido contratados funcionários com mais de 60 anos. De acordo com Carolina Portella, gerente de Fontes Humanas da marca, a ideia surgiu não apenas apenas pelo comprometimento desses profissionais – alguns estudos afirmam que o profissional da terceira idade é muito mais assíduo ao trabalho do que o trabalhador jovem -, mas principalmente pela potencial troca de experiências que ocorrerá dentro das lojas. Para receber os novos funcionários, a equipe que já trabalha nas lojas receberá um treinamento.  

Você S/A – Esse programa foi pensado do nada ou teve alguma inspiração?

Carolina Portella, gerente de Fontes Humanas da Reserva – As pessoas sempre são bem atendidas por vendedores acima de 50 anos quando viajam para os Estados Unidos e Europa. Foi então que ficamos pensando no motivo de não contratarem profissionais acima de 50 anos também no Brasil. Resolvemos parar de pensar e fazer. Este é o segundo Natal que contratamos auxiliares de venda acima de 50 anos e torcemos para que sirva de -bom- exemplo para que as outras marcas façam o mesmo.

Quando começa o programa?

O programa começou em novembro.

Qual o objetivo?

Alguns estudos afirmam que o profissional da terceira idade é muito mais comprometido do que o trabalhador jovem. Essa iniciativa tem o objetivo de incluir profissionais acima de 50 anos no nosso quadro extra Natal dos Estados do Rio de Janeiro e São Paulo. Não apenas pelo comprometimento destes profissionais, mas principalmente pelo potencial troca que ocorrerá dentro das lojas.

Que tipo de trabalho eles vão fazer?

Serão auxiliares de venda no período de Natal. A responsabilidade deles é atuar ao lado de nossos vendedores, apoiando tanto o processo de venda quanto no encantamento de nossos clientes.

Leia mais

+ Ada Lovelace, considerada mãe da computação, e sua definição da imaginação

+Evite tropeços cometidos por candidatos em processos seletivos

Continua após a publicidade

Qual o valor dos salários?

Todos recebem o mesmo valor dentro de sua região (RJ e SP).

O programa já rolou no ano passado, quantos participaram e qual a diferença da edição deste ano?

Aconteceu no ano de 2014 em quatro lojas no Rio de Janeiro. Para estas lojas contratamos profissionais acima de 60 anos. Como a experiencia anterior foi incrível, para 2015 decidimos dobrar o número de lojas participantes, além de reduzirmos a idade mínima dos candidatos para 50 anos – já que em 2014 recebemos muitos currículos de profissionais de 50 a 59 anos.

Alguns seguiram na empresa além da época do natal?

Seguimos com a Dona Carmelita, que no mês de dezembro completará 1 ano de Reserva!

Como as pessoas podem se candidatar?

Enviando o seu currículo para caraecoroa@usereserva.com

Mais alguma coisa bacana a dizer?

A contribuição destes profissionais no dia a dia de loja e a troca que acontece no salão de loja é algo que nos fez dobrar o número de lojas participantes para este ano. Para uma empresa jovem como a Reserva, podemos dizer que só crescemos com estes profissionais em nosso quadro de loja. Normalmente para fecharmos uma dinâmica de grupo com 15 pessoas, precisamos convidar 30, pois metade não comparece mesmo confirmando presença. No caso do “cara e coroa”, considerando este mesmo cenário, precisamos chamar apenas os 15, pois 100% deles comparecem na dinâmica.

Continua após a publicidade

Publicidade