Estudo procura entender a economia criativa em São Paulo

A Creative Class Group, em parceria com a faculdade Belas Artes, está estudando os âmbitos criativos na capital paulista

O que faz uma cidade ser criativa? É isso que a consultoria global especializada em economia criativa Creative Class Group (CCG), fundada pelo consultor britânico Richard Florida, responde em seus estudos ao redor do mundo. O intuito dos pesquisadores é criar vínculos com universidades para analisar as tendências econômicas e geográficas de diversas regiões do globo.  “Nós ajudamos cidades e marcas a entender como se conectar com a comunidade e como desenvolver estratégias de investimento”, conta Steven Pedigo, diretor de Pesquisa e Cidades do CCG. 

No ano passado, a CCG fechou uma parceria com a Faculdade Belas Artes e, desde maio, Steven está realizando, junto com alunos de pós-graduação, um estudo sobre os âmbitos criativos em São Paulo, englobando setores como tecnologia, arquitetura, design e ciência para entender os desafios desse tipo de economia na capital paulista. 

De acordo com o diretor, economia criativa vai além das habilidades abstratas como artes e cultura, precisando ser vista como uma forma de gerar oportunidades e empregos para a população, principalmente para as comunidades mais carentes. “Ensinar para as crianças das favelas, por exemplo, desenho gráfico ou administração de projetos, é a melhor forma de colocar mais pessoas dentro da economia criativa”, explica Pedigo, que acredita que o Brasil tem muito espaço para avançar mesmo em tempos de crise. “Uma crise econômica é um dos melhores momentos para inovar, acaba sendo uma oportunidade para experimentar e investir na economia criativa”, diz.

Esta matéria foi publicada originalmente na edição 216 da revista Você S/A com o título “São Paulo criativa”

Você S/A | Edição 216 | Julho de 2016 

Assine

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: