Clique e Assine a partir de R$ 9,90/mês

Por que a 2ª parcela do auxílio emergencial está demorando tanto?

A Caixa já está preparada para começar o pagamento da segunda parcela do auxílio emergencial de 600 reais

Por da Redação Atualizado em 15 Maio 2020, 09h12 - Publicado em 12 Maio 2020, 09h27

São Paulo – Prevista inicialmente para começar a ser paga no fim de abril, a segunda parcela do auxílio emergencial de 600 reais para trabalhadores informais (R$ 1,2 mil para mães solteiras) ainda não teve o calendário divulgado.

O auxílio é destinado para quem não tem emprego formal, não recebe outro benefício do governo (com exceção do Bolsa Família), não tem renda familiar mensal maior que R$ 3.135,00 ou R$ 522,50 per capita (por pessoa), entre outros requisitos informados no site da caixa

A justificativa para o atraso na divulgação do calendário do governo é que o número de inscritos foi bem maior do que o esperado e foi preciso solicitar mais crédito.

A previsão do governo é pagar a segunda parcela neste mês de maio e, segundo declarou em entrevista coletiva nesta segunda-feira, 11, o vice-presidente da Rede de Varejo do banco, Paulo Henrique Angelo, embora a Caixa já esteja preparada para começar o pagamento, o foco está na conclusão do pagamento da primeira parcela. Assim que o governo divulgar o calendário da segunda parcela, a Caixa prestará as informações sobre a operação de pagamento, disse Angelo. Segundo o Ministério da Cidadania, as datas do pagamento da segunda parcela podem ser divulgadas nesta terça-feira, 12.

O executivo afirmou que o pagamento da segunda parcela será menos tumultuado do que o da primeira parcela.  Com a nova atualização, a aplicativo deverá ter menos instabilidade, segundo a Caixa

O auxílio é depositado automaticamente para beneficiários do Bolsa Familia e também para quem está inscrito no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico) e tem conta no Banco do Brasil e na Caixa Econômica Federal.

Continua após a publicidade

Os demais trabalhadores informais precisam se cadastrar pela internet seja pelo aplicativo da Caixa Auxílio Emergencial ou no site Auxílio Caixa. Confira os links:

Site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio

Link para baixar gratuitamente o aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial para celulares Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio

Link para baixar gratuitamente o aplicativo CAIXA|Auxílio Emergencial para iOS celulares Apple: https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

Quem não pode pedir o auxílio emergencial?

Servidores públicos, trabalhadores formais (em regime CLT), profissionais que receberam rendimentos tributáveis acima de 28. 559,70 reais em 2018. Pessoas que tenham renda familiar mensal maior do que três salários mínimos (3.135 reais). Quem já recebe aposentadoria, seguro-desemprego ou benefício de outro programa de transferência de renda federal, a não ser o Bolsa Família .

Teve auxílio emergencial  negado? Veja como contestar

É possível contestar o resultado negativo da análise de pedido de auxílio emergencial e fazer o pedido de novo por meio do aplicativo ou do site do programa. Quem receber a mensagem de “benefício não aprovado” poderá saber o motivo e contestar.  Se o aviso for de “dados inconclusivos”, o solicitante pode fazer logo a correção das informações e pedir novamente o auxílio emergencial, segundo a Caixa.

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de Você S/A?
Clique aqui e assine VOCÊ S/A por R$ 9,90 por mês.

E se você gosta da VOCÊ RH é só clicar aqui para ser nosso assinante, também por R$ 9,90 mensais.

 

Continua após a publicidade

Publicidade

Essa é uma matéria exclusiva para assinantes. Se já é assinante, entre aqui. Assine para ter acesso a esse e outros conteúdos de jornalismo de qualidade.

Essa é uma matéria fechada para assinantes e não identificamos permissão de acesso na sua conta. Para tentar entrar com outro usuário, clique aqui ou adquira uma assinatura na oferta abaixo

Tempo é dinheiro. Informação, também. Assine VC S/A e continue lendo.

Impressa + Digital

Plano completo de VC S/A. Acesso aos conteúdos exclusivos em todos formatos: revista impressa, site com notícias e revista no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro.

Cobertura diária do fechamento do mercado.

Receba mensalmente a VC S/A impressa mais acesso imediato às edições digitais no App VC S/A, para celular e tablet.


a partir de R$ 12,90/mês

MELHOR
OFERTA

Digital

Plano ilimitado para você que gosta de acompanhar diariamente os conteúdos exclusivos no site e ter acesso a edição digital no app.

Análises completas sobre o mercado financeiro e cobertura diária do fechamento do mercado.

a partir de R$ 9,90/mês

ou

30% de desconto

1 ano por R$ 82,80
(cada mês sai por R$ 6,90)