8 dicas para ser mais eficiente no home office

Liberar o trabalho de casa tem tudo para gerar ganhos, mas depende de um alto grau de maturidade e disciplina

Em virtude da pandemia do coronavírus, várias empresas estão adotando a atitude consciente e responsável de liberar o home office para boa parte dos seus colaboradores. Apesar da insegurança histórica que ainda envolve o assunto, essa é uma excelente oportunidade para que os líderes identifiquem o que ainda impede que suas equipes atinjam o grau de maturidade necessário para usufruírem da tão sonhada flexibilidade de poder trabalhar de casa. A conjuntura também é favorável para provar que esta prática pode, sim, ser incorporada à operação sem que isso impacte em perda de produtividade.

Uma pesquisa da Talenses mostrou que 60% das companhias que costumam adotar home office notam aumento da produtividade ou avanço em seus resultados. E a lista de benefícios não para por aí:  os profissionais ficam mais motivados; o clima organizacional melhora; a companhia passa a atrair e manter mais os talentos; os custos com a saúde mental dos trabalhadores caem.

Ou seja, liberar o trabalho de casa tem tudo para gerar ganhos para todos os envolvidos, mas depende, entre outras coisas, de um alto grau de maturidade e disciplina. Para auxiliar os profissionais que ainda não estão habituados a este modelo de trabalho, listo a seguir oito dicas que podem otimizar a rotina:

1.Converse com as pessoas que moram com você
Pode parecer óbvio, mas é importante explicar para as pessoas que moram na sua casa que você está trabalhando e, portanto, precisará cumprir um horário de expediente. Isso quer dizer que uma eventual saída para ir ao mercado, uma pausa longa para um bate-papo, ou um tempinho para organizar algo na sua casa são atividades que precisarão esperar.

2. O combinado não sai caro
Faça acordos e estabeleça códigos. Diga, por exemplo: “se o meu celular tocar, apenas eu poderei atender, pois pode ser um assunto profissional”; “se me virem ao telefone ou com fone de ouvido, por favor, não interrompam e nem façam barulho” ou “quando eu fechar a porta é porque preciso me concentrar”.

3. Monte o seu escritório
Não precisa ser um espaço muito sofisticado, mas é importante que você tenha um canto na sua casa reservado para o trabalho, com mesa, cadeira e acesso à Internet, no mínimo. Trabalhar sentado no sofá ou na cama, com o notebook apoiado no colo, além de gerar dores nas costas, impacta negativamente na produtividade. Se possível, escolha um local calmo, longe de ruídos e de interrupções. Além disso, garanta que o lugar escolhido esteja organizado e limpo, pois nada é pior do que trabalhar em meio ao caos. E lembre-se: mesa organizada é sinal de mente organizada.

4. Faça um checklist das suas demandas
A pesquisa da Talenses mostra que a falta de disciplina no home office é um desafios para 40% dos profissionais. Então, defina seu horário de trabalho e atualize diariamente a lista de todas as atividades que você precisa fazer naquele dia. Isso contribuirá positivamente para você se organizar, manter o foco e garantir resultados mais efetivos. Cumprindo prazos e realizando entregas de qualidade, certamente você provará ao seu gestor que é capaz de gerenciar o próprio trabalho.

5. Mantenha contato com o seu gestor, pares e equipes
Para 73% dos profissionais entrevistados pela pesquisa da Talenses, a falta de troca com outras pessoas da equipe é o principal desafio de um dia de home office. Mas não precisa ser assim. Com as tantas ferramentas de tecnologia que existem para facilitar a nossa comunicação, trabalhar em equipe é possível. Você pode até sugerir ao seu líder a adoção de ferramentas de gestão de projetos, vídeo conferência, chats online, entre outros canais. Se você gerir pessoas, defina com a equipe as metas do dia e da semana e esteja disponível para que eles saibam que podem te acessar, combine prazos e datas de forma clara para que todos saibam o que é esperado deles. Não se trata de micro gerenciamento, mas de fazer com que todos entendam o estágio das ações e a responsabilidades que lhes cabem. Caso precise se ausentar por algum tempo do computador e do celular, avise as pessoas que precisam ter essa informação.

6. Vista-se adequadamente
É claro que você não precisa ficar de terno e gravata ou com saia e blazer dentro de casa. Por outro lado, ficar de pijama tende a fazer com que você se sinta confuso sobre estar trabalhando ou não. É importante se vestir adequadamente para o caso de ser chamado de última hora para uma videoconferência, por exemplo.

7. Afaste-se das distrações
Seja em casa ou na empresa, é difícil encontrar alguém que se mantenha 100% focado no trabalho. E, isso não é um problema. No meu entender, é até saudável fazer algumas pausas ao longo do dia. Mas fique de olho. Caso você tenha propensão a perder muitas horas nas redes sociais ou no WhatsApp, por exemplo, mantenha atenção a esse comportamento. O mesmo vale para pausas exageradas no almoço ou distrações com televisão e rádio.

8. Privacidade é um problema de todos
Cabe a todos os colaboradores zelar pela segurança das informações da empresa na qual atuam. Os cibercriminosos estão atentos às oportunidades de ataque. Por isso, verifique se o seu dispositivo está com o anti-vírus atualizado e não compartilhe acessos, senhas, documentos, informações estratégicas ou qualquer outro material confidencial.

Está nas mãos de todos nós, empregadores e colaboradores, provar que o home office pode ser uma realidade também no Brasil. Não vamos perder essa oportunidade!

 (Divulgação/VOCÊ S/A)

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s