Startups se unem e oferecem recrutamento online grátis para hospitais

Em apenas 7 dias a ideia dos fundadores da Gupy virou realidade e hospitais já podem recrutar candidatos de forma online e gratuita

São Paulo – Entre a concepção da ideia de oferecer um produto inédito de recrutamento online grátis para hospitais e a implementação da iniciativa “Contratando pela Saúde” passaram-se sete dias.

Com o engajamento de pelo menos 80% de suas equipes, três startups da área de recursos humanos, Gupy, Jobecam e Acesso Digital se uniram para conectar profissionais de saúde e hospitais de maneira mais rápida, eficiente em um processo totalmente remoto e sem custos.

A vontade de ajudar partiu de conversa entre os irmãos, sócios e vizinhos Mariana e Guilherme Dias, fundadores da Gupy, ao verem a dificuldade dos hospitais em recrutarem profissionais para as linhas de frente do tratamento do covid 19, em meio à pandemia de coronavírus. “Começamos a pensar em como chegar até os hospitais e oferecer o nosso produto que é recrutamento 100% remoto para os hospitais”, contou Guilherme.

“Nós decidimos também unir forças com outras empresas, e ao entrar em contato com a Jobecam e com a Acesso Digital, ficamos sabendo que elas também já estavam com projetos de ajudar”, diz Mariana.  A expectativa, segundo ela, é atrair 100 profissionais de saúde para a plataforma já na primeira semana.

Como funciona o processo de seleção

A plataforma de recrutamento online é fornecida pela Gupy e entrou no ar nesta semana. Lá são recebidas tanto candidaturas profissionais, quanto indicações de profissionais de saúde e de hospitais que precisam de pessoas.

Uma vez dentro da plataforma, profissionais de RH dos hospitais vão incluir todas as informações sobre a vaga de emprego, sobre a responsabilidade do profissional naquela função, jornada de trabalho.

“A área de RH do hospital monta todo o seu processo dentro da Gupy. Pode estabelecer testes técnicos, se quer que o profissional grave vídeo, entre outras coisas. O profissional de RH define como será todo o fluxo de contratação”, explica Guilherme Dias, cofundador e CMO da Gupy.

Criada a vaga e desenhado o seu processo, a oportunidade também é pulverizada em bancos de currículos e parceiros da Gupy. “A gente tem feito iniciativas para engajar os candidatos que já temos em nossa base e mais essas campanhas. Aí a nossa inteligência artificial vai ajudar a achar mais rápido quem são as pessoas certas para as vagas. ”, diz Guilherme.

Só na base de dados da Gupy já havia mais de 60 mil profissionais de saúde cadastrados já que a empresa já tinha clientes do setor de saúde.Por meio do software Gaia, de inteligência artificial, a Gupy consegue ranquear os candidatos por percentual de aderência à vaga.

Com a seleção dos candidatos para entrevistas online, entra o serviço de videoentrevista fornecido pela Jobecam. “Nossa tecnologia de vídeo para ajudar os recrutadores a terem mais eficiência e principalmente, garantir a segurança necessária que a situação exige”, diz Cammila Yochabell, CEO da Jobecam, em nota.

Após a etapa de seleção, os hospitais poderão utilizar o sistema AcessoRH que permite que os candidatos enviem documentos para a admissão pelo smarthphone, sem necessidade de sair de casa. A ferramenta fornecida pela Acesso Digital faz a validação dos dados e qualificação no e-Social, os candidatos de RH podem acompanhar o andamento do processo em tempo real. Com isso, conseguimos viabilizar contratações que levariam dias em cerca de três horas”, diz Diego Martins, CEO da Acesso Digital.

Veja também

Busca online de vagas explodiu com a crise do coronavírus

De maneira geral, a crise do coronavírus atraiu atenção para a Gupy.  “A gente tem monitorado as variações de acessos e teve grande aumento de procura por vagas , muito em função do desemprego”, diz Mariana.

Com a necessidade de isolamento social, muitas empresas também estão sendo forçadas a aderir ao modelo de seleção online. “A gente consegue viabilizar a seleção remota e temos visto um aumento da demanda por parte supermercados, farmácias e call centers, que estão contratando muita gente e precisam fazer o processo de forma remota”, diz Mariana.

Hospitais estão contratando em meio ao coronavírus; há milhares de vagas

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: