Gentileza gera gentileza: empresa faz ação em dia mundial da gentileza

Ceptis, empresa de soluções de segurança, promove evento para disseminar essa atitude no trabalho

Dia 13 de novembro é o Dia Mundial da Gentileza. A data passou a ser celebrada ao redor do mundo em 1996. Foi também em 1996 que o profeta Gentileza faleceu, deixando como legado para os milhões de brasileiros que se encantaram com sua história um princípio que ele seguia: “gentileza gera gentileza”. José Datrino era um homem simples do interior de São Paulo, que migrou para o Rio de Janeiro e lá rodava a cidade realizando intervenções artísticas e disseminando seus pensamentos sobre o poder da gentileza.

É nesse cenário que a Ceptis, empresa de soluções tecnológicas para segurança com sede no Rio de Janeiro, promove nesta sexta-feira, 13 de novembro, uma conversa especial entre seus 250 funcionários e o artista plástico, pesquisador e professor de Arte da Universidade Federal Fluminense (UFF) Leonardo Guelman que também é criador e coordenador do movimento Rio com Gentileza. 

A Ceptis, que neste ano já compartilhou uma série de benefícios para seus funcionários enfrentarem a pandemia (como a antecipação do dissídio), usa a data para estimular a gentileza no mundo corporativo.  “Temos como princípio manter não apenas o desenvolvimento profissional, mas também pessoal. A iniciativa de celebrar a data é para estimular pequenos gestos de gentileza, que fazem com que a qualidade de vida no trabalho seja muito maior”, conta  o diretor de Pessoas e Administração da Ceptis, Paulo Paixão.

Comentários

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.