Inteligência produtiva: como trabalhar mais em menos tempo no home office

Especialista em produtividade e administração do tempo compartilha algumas lições para quem quer produzir mais sem passar tantas horas trabalhando

São Paulo – Trabalhar em home office exige preparação e disciplina que a urgência da implementação do teletrabalho não permitiu a muitas empresas. Juridicamente o assunto havia sido regulado recentemente pela Reforma Trabalhista, e a MP 227 ajustou algumas regras e dispensou algumas burocracias no contexto da situação de calamidade pública por conta da Covid-19. Mais de cem dias depois, há casos de sucesso e produtividade e histórias de abusos, desrespeito e depressão.

Levantamento feito pelo Instituto Deândhela com 624 pessoas mostra que a maioria (72%) está operando remotamente. A pesquisa mostra que quase a metade dos profissionais não se avalia bem: 40% dos profissionais se dão nota 6 ou menos de produtividade em home office.

Fundadora do instituto, Tathiane Deândhela, autora do livro “Faça o Tempo Enriquecer Você”, pela Editora Gente, explica o conceito de inteligência produtiva e indica essa técnica para combater a improdutividade: “ um método que atua no sistema de recompensas do cérebro, liberando neurotransmissores do prazer à medida que se aplica o passo a passo”.

Especialista em produtividade e administração do tempo, Tathiane compartilhou com a VOCÊ S/A algumas lições de seu livro que servem para quem quer produzir mais sem passar tantas horas trabalhando:

Planeje dia, semana, ano

Uma das ferramentas de produtividade desenvolvidas por Tathiane é a Time Model Canvas, inspirada no famosos Business Model Canvas, metodologia que surgiu no Vale do Silício, nos Estados Unidos.

No modelo desenvolvido por Tathiane, é possível categorizar ideias e visualizar o planejamento em apenas uma tela. “O grande diferencial é que esse planejamento ajuda a pessoa a se blindar de distrações e da procrastinação, colocando metas possíveis, recompensas e penalidades, para atuar no subconsciente da pessoa e ajudar a não se sabotar mais”, diz.

 Elimine a procrastinação

Dez em cada dez pessoas procrastinam, em maior ou menor grau.  “Em geral, o procrastinamos porque há algo mais prazeroso do que o que precisa ser feito”, escreve a autora no livro.

Para sair da letargia, o planejamento e clareza de objetivos são importantes.  “Se você tem claro seus objetivos do dia, da semana e do mês e quais são os prêmios ou consequências que a procrastinação terá nesse planejamento fica mais difícil deixar esse problema tomar conta”, afirma.

Produtividade personalizada

Autoconhecimento pode ser aplicado à produtividade. Como você trabalha melhor? Ouvir música ajuda ou atrapalha?  O que pode turbinar a sua capacidade de concentração, não necessariamente é a tática mais indicada para seu colega de trabalho.

 “Muito se fala de produtividade hoje em dia, mas nem tudo funcionam para todo mundo. A pessoa precisa se conhecer, saber qual o seu perfil para realizar suas metas”, diz.

Veja também

Identifique as interrupções

A cada interrupção de foco, o cérebro pode demorar até 14 minutos para voltar ao estado inicial de concentração. Portanto, tarefas importantes devem ser feitas em momentos com menor chance de interrupção.

“Com o home office é difícil não ter interrupções durante todo o período de trabalho, mas é tudo mais aceitável no momento que estamos vivendo. Por isso a dica é dar o seu melhor naquele período que é possível eliminar as distrações e no restante do dia fazer as tarefas de forma mais leve”, diz.

Vista-se como se fosse para o escritório

Essa é para quem está trabalhando há meses de pijama e em estado de sonolência.  “Muitas vezes só o fato de se arrumar, como passar um batom, fazer a barba, já muda a forma como a pessoa se enxerga e se sente e isso aumenta a confiança dela durante um dia de trabalho. Por isso se fala tanto em trocar de roupa e se arrumar”, diz.

Veja também:

Liderança a distância: como agir e o que fazer para evitar “Zoom fatigue”?

Quer ter acesso a todos os conteúdos exclusivos de VOCÊ S/A? Clique aqui e assine VOCÊ S/A.

Gosta da VOCÊ RH? É só clicar aqui para ser nosso assinante.

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: