Como entrar em contato com um possível contratante?

Descubra como enviar e-mails ou mensagens para os profissionais que trabalham nas empresas em que você gostaria de estar

Muitos profissionais têm interesse em trabalhar em determinada empresa, mas ficam em dúvida sobre como abordar o gestor da vaga, alguém que trabalhe na companhia ou o profissional responsável pelo recrutamento. Minha recomendação é tentar encontrar algum contato em comum que esteja disposto a fazer essa aproximação ou apresentação entre vocês. Esse, com certeza, é o caminho mais eficaz.

Caso essa pessoa não exista, estude o perfil do profissional com o qual você deseja entrar em contato para verificar possíveis coincidências no histórico pessoal, profissional ou acadêmico de vocês. Pode ser que vocês façam parte de alguma associação, tenham estudado na mesma faculdade ou trabalhado na mesma empresa, ainda que em períodos distintos. Isso é ótimo para “quebrar o gelo” do chamado “cold call”, que é quando você aborda alguém sem nenhum histórico de contato.

Ainda que você consiga estabelecer um contato inicial, é importante saber que nem sempre terá o retorno esperado. Tudo vai depender do perfil da pessoa que está sendo abordada, da quantidade de mensagens que ela recebe, do volume de atividades que ela tem que dar conta durante o dia e, até mesmo, do estado de espírito dela e do momento da empresa, do mercado e do país.

Abaixo, separei alguns exemplos de situações e sugestões de abordagens para cada um dos casos. Em todas as opções, é importante ser claro e objetivo nesse primeiro contato.

Você não conhece a pessoa, mas tem o contato dela (e-mail ou whatsapp)

[nome da pessoa], espero que esteja bem. Não nos conhecemos, mas tenho ótimas impressões da [nome da empresa], na qual você trabalha. Gostaria de estar no seu radar, caso surja alguma oportunidade profissional. Compartilho em anexo o meu currículo e coloco-me à disposição para qualquer contato. Um abraço!”

A pessoa para a qual você deseja escrever foi citada em alguma matéria da imprensa

[nome da pessoa], vi a reportagem sobre [cite o assunto] no [diga onde viu]. Achei muito interessante. Parabéns pela sua participação. Aproveitando o contato, eu gostaria de dizer que tenho ótimas impressões sobre a sua empresa e gostaria de estar no seu radar, caso surja uma oportunidade de trabalho com vocês. Segue em anexo o meu currículo e sigo à disposição. Um abraço!”

Você tem o contato da pessoa e sabe que na empresa dela existe uma vaga em aberto

[nome da pessoa], boa tarde! Tomo a liberdade de escrever pois vi que aí na [nome da empresa] há uma vaga em aberto de [título da vaga]. Acredito que ela tenha aderência ao meu perfil profissional. Envio o meu currículo com a expectativa de ser considerado no processo seletivo. Obrigado(a), [nome completo e celular]”.

Você deseja adicionar a pessoa no LinkedIn

Antes de fazer isso, verifique o número de conexões de quem deseja adicionar. Se for próximo a 30.000, ou seja, perto o limite permitido pela rede, as chances de você ser aceito serão reduzidas. Eu, por exemplo, tenho mais de 83.000 seguidores e já faz alguns anos que atingi o limite de conexões. Isso quer dizer que só posso aceitar uma nova conexão se excluir outra. Eu, particularmente, não retiro ninguém da minha rede. Então, o caminho é enviar uma mensagem mesmo sem estar conectado.

A dica para ter uma estimativa do número de conexões de cada pessoa é olhar na página inicial do perfil em questão o número de seguidores, esse número aparece logo abaixo da palavra “atividades”. Lembrando que quando adicionamos alguém, automaticamente essa pessoa também se torna um seguidor.

Se o pedido de conexão for possível, assim que for aceito, envie uma mensagem do tipo:

[nome da pessoa], muito obrigada(o) por ter aceito o meu pedido de conexão. Será um prazer manter contato com você. Eu gostaria de estar no seu radar para futuras oportunidades de trabalho na empresa [nome]. Aproveito para compartilhar o meu currículo e os meus contatos. Um abraço!”

A mudança de emprego deve ser um projeto

Sempre é mais fácil ter sucesso na mudança de emprego ou na conquista de uma vaga quando o profissional encara essa busca como um projeto. Trace um plano. Faça uma lista das empresas nas quais deseja trabalhar, pesquise quais pessoas são possíveis gestores dos cargos que você almeja, veja quais são os contatos nos departamentos de Recursos Humanos, em recrutamento e seleção ou o chamado Talent Acquisition. Não acho muito oportuno, porém, abordar uma série de pessoas numa mesma empresa. Tenha foco.

Em geral, as pessoas têm pouco tempo para fazer tudo o que precisam durante o dia. Isso quer dizer que mensagens muito longas ou pouco objetivas podem fazer com que elas deixem a leitura para depois e demorem a retomá-la. Então, evite textos muito longos ou resumos profissionais. No máximo, detalhe o seu interesse por atuar em alguma área específica. As pessoas irão olhar o currículo e, se tiver aderência com a vaga, muito provavelmente você receberá um contato.

Compartilhe seus contatos

Sempre que você abordar alguém, encerre a mensagem com o seu nome completo e telefone com DDD. Não esqueça de sempre anexar o currículo para facilitar a vida de quem recebe a mensagem. Não perca tempo perguntando se você pode compartilhar o documento. Considere, ainda, cadastrar o seu currículo em sites de empresas de headhunter. Em um artigo anterior, eu esclareci algumas dúvidas sobre a atuação desse grupo de profissionais, do qual faço parte. Quanto mais pessoas souberem que você está em busca de uma nova oportunidade, maior será a probabilidade de você ser chamado para um processo seletivo.

Tenha calma

Na medida do possível, procure manter a calma. Em períodos de crise, como o que estamos vivendo, os profissionais estão mais focados na continuidade dos negócios. Isso pode interferir no sucesso do bate-papo. Você precisa considerar também a possibilidade de que outros candidatos também estejam abordando essas pessoas nesse momento de incertezas do mercado. E é sempre desafiador administrar todas essas tentativas de conexão, mas é muito válido tentar encontrar um caminho em busca de uma oportunidade na empresa almejada.

Boa sorte!

 (Divulgação/VOCÊ S/A)

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá,

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s