Como declarar ganhos com ações no IR?

Imposto

Vamos direto para um exemplo prático: você comprou R$ 70 mil em ações e vendeu dois anos depois por R$ 100 mil. R$ 30 mil de lucro. 

Primeira coisa: entre imediatamente no SicalcWeb, um site da Receita Federal, e emita um Darf.

“Imediatamente” porque, se você vendeu no dia 21 de setembro, você só vai ter até 30 de outubro para pagar – e é fácil esquecer.

Darf é uma espécie de boleto para pagar tributos federais. A diferença é que você tem de fazer no braço. 

O site vai te pedir o “código da receita” em um dos campos, para saber a que se refere o imposto que você vai pagar. É 6015, o código para “Ganhos líquidos com operações em bolsa”.

Aí você preenche o valor que deve de imposto. Quanto você deve? 15% sobre o lucro. Lucrou R$ 30 mil, paga R$ 4.500. 

É você quem deve calcular – User Experience, você sabe, não é o forte da Receita. Dê os enters no site e tudo certo. Você ganha um PDF com o valor do imposto impresso. É o seu boleto.

 Para pagar, você entra no site do seu banco e vai até “Pagamentos sem código barras”. Vai aparecer uma opção para “Impostos/Darf”. Aí você digita lá tudo o que estiver no PDF. Confirmou, tá pago.

Quando chegar março/abril, você vai ter de avisar no imposto de renda que o imposto está pago.

No software de declaração, você vai até o menu “Renda Variável”, digita o lucro que teve e o tanto que pagou. Pronto.

Não existe isenção para “lucros até R$ 20 mil”, como muita gente pensa. O lance é: se o preço total de venda for igual ou maior que R$ 20.000,01 e rolou lucro, você paga.

vocesa.com.br

Veja essa e outras matérias em